Arquivo da tag: V Encontro de RPPN

V Encontro de RPPN - foto: Isabela Rangel

V Encontro de RPPN no evento Viva Mata 2014

Nesta sexta-feira, 23 de agosto, o blog Guapuruvu acompanhou o V Encontro entre ICMBio, OEMMAs e RPPNistas, sobre RPPNs, organizado pelo ICMBio e INEA/RJ com o apoio da Fundação SOS Mata Atlântica durante o evento Viva Mata 2014.

Estavam reunidos representantes de órgão públicos, ONGs, associações e proprietários de RPPNs. O objetivo do encontro era trocar informações sobre o cenário atual das unidades de conservação em propriedades particulares e as perspectivas para o futuro do setor.

Em um clima muito amigável e descontraído todos os representantes tinham um sentimento em comum, o amor a terra. Hoje os proprietários de Reservas Particulares do Patrimônio Nacional formam um movimento que propõe a união dos RPPNistas, através das associações.

V Encontro de RPPNAo longo do dia, o evento seguiu uma programação muito interessante. O Instituto Chico Mendes de Conservação e Biodiversidade (ICMBio) falou sobre a situação atual e desafios das RPPN.

Já a Fundação Florestal, órgão do governo do Estado de São Paulo, apresentou o primeiro edital do programa de Pagamento por Serviço Ambiental (PSA) para RPPNs inseridas no território do Estado, como um instrumento de incentivo. Esse é um importante passo de política pública para a estruturação das Reservas Particulares.

 V Encontro de RPPNPorém, como nem tudo são flores e não podemos esquecer do grave problema ambiental que enfrentamos, também foi apresentado pela WWF-Brasil os processos de redução, desafetação e degradação de Unidades de Conservação (UC) no país. Hoje temos 214 parlamentares na Câmara dos deputados que são contra a criação de UCs.

No final da tarde, representantes da Frepesp e APN – associações de RPPNs de São Paulo e Rio de Janeiro, respectivamente – contaram sobre as experiências nos longos anos do movimento e as dificuldades enfrentadas por falta de recurso. Também falaram sobre a paixão em conservar a natureza e a importância da profissionalização do setor.

Para fechar a reunião, Sonia Wiedmann – doutora em Direito Ambiental e ativista muito querida do movimento – abriu uma discussão para todos os presentes no evento sobre o projeto de criação de uma política nacional para RPPN que unifique os direitos e deveres dos proprietários nos níveis municipais, estaduais e federal. Mas ressaltou a importância da participação dos RPPnistas na construção desse documento.

Foi uma tarde chuvosa e muito produtiva na cidade de São Paulo.